Copa na Argentina e no Uruguai está "bastante avançada", diz Conmebol

Juan Angel Napout, presidente da Conmebol (Foto: Daniel Mundim)

14/08/2014

Paraguaio Juan Napout, que assumiu cargo há uma semana, está confiante para o Mundial de 2030 e promete mais rigor disciplinar nas competições da entidade

A Copa do Mundo retornará para a América do Sul em 2030. Pelo menos é o que espera o novo presidente da Conmebol, o paraguaio Juan Angel Napout. Durante evento da entidade para a final da Libertadores entre San Lorenzo e Nacional-PAR, o dirigente confirmou que está trabalhando para garantir que o Mundial retorne ao continente daqui 16 anos. Uruguai e Argentina seriam as sedes, em celebração aos 100 anos do torneio, que teve sua primeira edição em solo uruguaio.

Quando vivo, o ex-presidente da Associação Argentina de Fuebol (AFA), Julio Grondona, já havia garantido que o a Fifa organizaria a Copa de 2030 nos dois países. O paraguaio Napout assegura que manterá os esforços para que argentinos e uruguaios recebam a Copa e diz que ao menos a candidatura está encaminhada.

- Temos que falar tanto com a AFA como com a AUF (Associação Uruguaia de Futebol). Temos um trabalho permanente, temos que falar com eles, e também temos que ver em que situação isso está. Mas a América do Sul quer a Copa de 2030. Está bastante avançado, mas temos que ver dentro da Fifa, tem dois mundiais pela frente, 2018 na Rússia e 2022 no Qatar, e ainda é preciso decidir os candidatos de 2026. Ainda há muito que se decidir antes. Mas é a nossa meta – garantiu Napout.

Em bom português, o ex-presidente da Associação Paraguaia de Futebol garante boa relação com a CBF e contato constante com Marco Polo del Nero e José Maria Marin. Com menos de uma semana no comando da Conmebol, Napout procura não fazer grandes mudanças, já que está interinamente no cargo até março de 2015.

O calendário foi um tema bastante abordado. Com a Copa América no próximo ano, provavelmente a final da Libertadores acontecerá no segundo semestre, após um mês de pausa, como houve em 2014 com a Copa do Mundo. Entretanto, Napout espera fazer ao menos uma alteração: o fim das prorrogações nos jogos da Copa América. O paraguaio também promete uma postura mais rígida da Comissão Disciplinar da entidade.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...