Argentina 1 x 0 Bélgica - Após 24, Hermanos voltam às semifinais

Foto: Divulgação

06/07/2014

O gol da vitória foi marcado por Higuaín, ainda na primeira etapa

A Argentina está de volta às semifinais da Copa do Mundo. 24 anos depois de superar a Itália, mas cair na decisão para a Alemanha em 1990, os Hermanos bateram a Bélgica por 1 a 0 na tarde deste sábado, em Brasília, no Estádio Mané Garrincha, em confronto válido pelas quartas de final. O "salvador" sul-americano atende pelo nome de Higuaín, que até então vinha sendo contestado.Com a vitória, a seleção argentina agora aguarda o vencedor do confronto entre Holanda e Costa Rica que acontece ainda neste sábado, às 17 horas. Já a semifinal do Mundial acontecerá na próxima quarta-feira, também às 17 horas, na Arena Corinthians.

Foto: Divulgação

O jogo
Depois de apresentar um grande futebol contra os Estados Unidos, criou-se a expectativa de que a Bélgica pudesse complicar a vida da Argentina que sofreu até o fim para eliminar a Suíça. Dentro de campo, porém, a história foi diferente. Melhor desde o começo, os sul-americanos não deram espaço para os belgas trabalharem a bola e mais do que isso, não tiveram dificuldades para criar.

Sem brilhar nas fases anteriores, Higuaín que já vinha sendo contestado pela torcida parecia que novamente teria um dia ruim. Na primeira oportunidade de ataque dos Hermanos, recebeu cruzamento de Basanta, mas não conseguiu dominar. Minutos depois, no entanto, fez o que poucos acreditavam: o gol. Após lance de Di María, a bola desviou em Vertonghen e sobrou para o atacante, que bateu de primeira, sem chances para Courtois.

O gol resumiu bem o que foi a primeira etapa. Por mais que a posse de bola tenha sido praticamente igual, quando a Argentina atacava, era mais incisiva, mais aguda. Os Diabos Vermelhos faziam o contrário. Com a brazuca nos pés pareciam perdidos e pouco ofereciam perigo ao goleiro Romero. Na melhor das chances, Mirallas cabeceou pra fora.

No segundo tempo, precisando do gol de empate para permanecer com chances de seguir na Copa do Mundo, a Bélgica adiantou sua marcação e tentou surpreender a Argentina. Guiados por Messi, porém, os sul-americanos não pareciam assustados com o avanço do adversário e se aproveitavam por ter mais espaço para trabalhar suas jogadas.

Com as constantes subidas belgas – quase desesperadas – ao ataque, o contragolpe argentino parecia o melhor dos planos para garantir a vaga. Aos 10, Higuaín arrancou em velocidade, deu lindo drible em Kompany e acertou uma bomba no travessão. Vendo o tempo passar e seu time não chegar ao gol, Marc Wilmots resolveu modificar o time. Sacou Origi e Mirallas e apostou nas entradas de Lukaku e Mertens, respectivamente.As alterações até melhoraram a ofensividade dos belgas, mas não o suficiente para superar a defesa argentina que estava bem postada. Já nos quinze minutos finais do confronto, na base da ligação direta e nas bolas aéreas, novas tentativas dos europeus, mas nada de alterar o placar. Depois de 24 anos a Argentina volta a disputar uma semifinal de Copa do Mundo.

FICHA TÉCNICA

ARGENTINA 1 x 0 BÉLGICA

ARGENTINA - Romero; Zabaleta, Garay, Demichelis e Basanta; Mascherano, Biglia e Di María (Perez); Lavezzi (Palacio), Messi e Higuaín (Gago). Técnico: Alejandro Sabella.

BÉLGICA - Courtois; Alderweireld, Kompany, Van Buyten e Vertonghen; Witsel, De Bruyne, Fellaini, Hazard (Chadli) e Mirallas (Mertens); Origi (Lukaku). Técnico: Mark Wilmots.

GOL - Higuaín, aos 7 minutos do primeiro tempo.
CARTÕES AMARELOS - Biglia (Argentina); Hazard e Alderweireld (Bélgica).
ÁRBITRO - Nicola Rizzoli (Fifa/Itália).
RENDA - Não disponível.
PÚBLICO - 68.551 presentes.
LOCAL - Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília (DF).



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...