Abicalçados divulga balanço do Projeto Copa 2014. Expectativa de US$ 41 milhões em negócios

29/07/2014

Com a expectativa de mais de US$ 41 milhões em negócios gerados para os próximos 12 meses, os calçadistas que participaram do Projeto Copa do Mundo, trazendo compradores da França, Emirados Árabes e África Sul, saíram satisfeitos. O balanço está sendo divulgado pelo Brazilian Footwear, programa de internacionalização da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), que participou, com os seus associados, da ação realizada pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Participaram do Projeto, que teve agendas em São Paulo, Porto Alegre, Fortaleza e Belo Horizonte entre os dias 13 de junho e 9 de julho, compradores da Galeries Lafayette (França), Shoe Mart (Emirados Árabes) e Palazzo Pitti (África do Sul).

Unindo negócios e entretenimento, os estrangeiros assistiram partidas da Copa e visitaram unidades industriais, showrooms e lojas de 29 marcas calçadistas: Amazonas, Ana Capri, Arezzo, ADG, Carrano, Cartago, Carmen Steffens, Cristófoli, Democrata, Enrico Boaretto, Esdra, Havaianas, Ipanema, Guilhermina, Grendene, Grendha, Jorge Bischoff, Luiza Barcelos, Luz da Lua, Melissa, Paolo Sesto, Paquetá, Rider, Sarah Chofakian, Schutz, West Coast, Werner, Zaxy e Zeferino.

Segundo Patrícia Ledur, da Unidade de Promoção Comercial da Abicalçados, que acompanhou as agendas em Porto Alegre e Fortaleza com os compradores da Galeries Lafayette e Shoe Mart, tanto os compradores quanto as marcas avaliaram o projeto positivamente. “Unir o Mundial com negócios foi uma forma eficiente de alavancar as exportações num momento complicado para a indústria brasileira de calçados”, avalia.

Os compradores da Galeries Lafayette tiveram uma agenda extensa. Assistiram o jogo entre França e Honduras, em Porto Alegre, conheceram a unidade da Paquetá, em Sapiranga, a badalada rua Oscar Freire, em São Paulo, e encerraram o circuito em um showroom organizado na sede da Abicalçados, em Novo Hamburgo/RS. “Foi uma experiência muito interessante”, avalia Jérome Raffy, comprador da rede francesa.

Emilene Taís de Oliveira, do departamento de Exportação da Jorge Bischoff, empresa que participou do showroom na Abicalçados, ressalta que a ação facilitou um contato que a marca já vinha tentando há mais tempo. “Os compradores franceses demonstraram muito interesse no nosso produto, especialmente nas sapatilhas, saltos não tão altos e um modelo de bolsa do segmento de luxo”, avalia Emilene, ressaltando que, apesar da marca ainda não ser trabalhada pela Galeries Lafayette, registra um crescimento médio de 15% a cada coleção lançada no mercado francês.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...