Prefeito recepciona casal real holandês no Beira-Rio

Fortunati esteve com casal real na tribuna
Foto: Ivo Gonçalves/PMPA

19/06/2014 

Entre as cores da moda deste outono/inverno brasileiro, Porto Alegre, que já vestiu o azul da França no final de semana, e abusou do verde e amarelo, com brasileiros e australianos, na última terça-feira, hoje adotou o laranja. 

Embora as cores da bandeira holandesa sejam o azul, vermelho e branco, o tom alaranjado dos súditos do rei Willem vêm justamente da Casa Real de Oranje, a cor oficial da coroa holandesa, e combina à perfeição com o pôr-do-sol do Guaíba. 

O casal real da Holanda foi recepcionado oficialmente pelo prefeito José Fortunati nos camarotes do Estádio Beira-Rio, instantes antes do jogo entre australianos e holandeses, pela segunda rodada do Grupo B da Copa do Mundo 2014. 

O rei Willem Alexander e a rainha Máxima, filha de argentinos, visitam a capital dos gaúchos pela primeira vez e, a provar que a Copa do Mundo tem o poder de catalisar as emoções, mesmo dos mais nobres, o casal real não vem em missão oficial, mas apenas como torcedores da seleção holandesa. 

A discreta, mas solene, recepção foi em tom cordial. Willem Alexander e Máxima são monarcas da Holanda desde abril de 2013. São considerados o casal mais jovem das monarquias ocidentais. Máxima é a primeira rainha consorte na Europa latino-americana. Nascida na argentina Máxima Zorreguieta, é economista e se casou há 11 anos com o então príncipe Willem-Alexander. Os dois vieram em vôos separados, já que ele estava em Amsterdã e ela em Nova York. 

Acompanhado da pimeira-dama, Regina Becker, o prefeito Fortunati trocou rápidas impressões com o rei e da rainha sobre a cidade. Uma curiosidade mútua que foi logo desfeita, da melhor forma possível, num alegre bate-papo. O tom cítrico do confronto desta quarta-feira, 18, o segundo do mundial 2014, em Porto Alegre, tomou as arquibancadas do Beira-Rio, saindo da Orange Square, ao lado do Mercado Público, e percorrendo toda a extensão do Caminho do Gol. 

Pela manhã, do alto do caminhão de som, depois e ser presenteado com uma camiseta oficial da Seleção da Holanda, o prefeito deu as boas-vindas ao grupo que se dirigia ao estádio. Uma procissão alegre e efusiva, que aos poucos foi despertando os porto-alegrenses. Dentro do estádio, equilíbrio total nas torcidas, na simpatia, na posse de bola e no volume do grito, que só não se traduziu no placar por detalhes. O balanço da tarde foi de um colorido que caiu como uma luva no slogan adotado pela Host City Porto Alegre...Mais do que nunca, a cidade de todas as cores. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...