Porto Alegre estreia na Copa 2014 neste domingo

Estádio Beira-Rio, palco das partidas em Porto Alegre
Foto: Vitor Kalsing/Divulgação PMPA

14/06/2014 

O colorido das torcidas de França e Honduras, seleções que se enfrentam no Estádio Beira-Rio neste domingo, 15, e a efervescência de turistas e jornalistas estrangeiros movimentando-se pela cidade tornam realidade uma experiência construída em detalhes ao longo dos últimos cinco anos. 

Porto Alegre foi confirmada como uma das 12 sedes da Copa do Mundo Fifa 2014 no Brasil em maio de 2009. Desde então, a prefeitura, integrada à rede de parceiros na organização do Mundial, mobilizou esforços em diferentes frentes para conquistar recursos para obras de modernização da infraestrutura da cidade e desenvolver um conjunto de projetos de qualificação dos serviços públicos, capacitação de profissionais e estímulo ao desenvolvimento da economia local.

“Mergulhamos no desafio de aproveitar a Copa como oportunidade de transformação da cidade, oferecendo a melhor recepção possível aos turistas e envolvendo os moradores na experiência de sediar o maior evento esportivo do planeta. Além de se tornar conhecida internacionalmente pela exposição durante a Copa, depois do Mundial Porto Alegre será, sem dúvidas, uma cidade melhor para se viver”, afirma o prefeito José Fortunati.

Para Fortunati, as oportunidades abertas serão revertidas como marco de desenvolvimento na história da capital gaúcha, beneficiando porto-alegrenses dos diversos segmentos sociais e econômicos de forma direta e indireta. “A Copa não retirou recursos dos serviços essenciais à população. Ao contrário, o município conquistou mais R$ 880 milhões, em financiamentos com juros reduzidos e prazos estendidos, para aplicar em obras e serviços”, enfatiza o prefeito. Os investimentos incluem recursos federais obtidos para modernização do HPS, assim como os financiamentos das 14 grandes obras de mobilidade da cidade.

Além do investimento público em obras que ficam como patrimônio permanente, os valores projetados para a movimentação da economia dão a dimensão do benefício na geração de emprego e renda. A Fecomércio estima que turistas, nacionais e estrangeiros, movimentem até R$ 360 milhões na economia de Porto Alegre e nas cidades próximas, enquanto a Fundação de Economia e Estatística calcula incremento de R$ 500 milhões no PIB do Estado, com 12 mil empregos criados. 

Entorno do Beira-Rio – A região do estádio oficial do Mundial foi amplamente qualificada, com investimentos em mobilidade e drenagem. O viaduto Abdias do Nascimento, com 250 metros de extensão na Pinheiro Borda, faz parte do conjunto de obras no entorno do Beira-Rio, envolvendo as duplicações das avenidas  Padre Cacique e Edvaldo Pereira Paiva, além de mais três novas ruas. Com investimento de R$ 26,6 milhões e financiamento do governo federal, a obra contribuiu para liberar o trânsito da região através de duas pistas. A sinalização de trânsito também foi reforçada nas proximidades do viaduto da Pinheiro Borda. 

Mais de 50 placas de regulamentação foram implantadas, além de sete novas travessias com semáforos, com o objetivo de garantir uma maior segurança aos pedestres. A prefeitura executou a pavimentação, drenagem e iluminação na área pública do entorno do estádio, com investimento de R$ 8,7 milhões. Ao lado da Rua A, localizada atrás do Ginásio Gigantinho, com área pública de 8 mil metros quadrados, a prefeitura executou toda a pavimentação que é utilizada para as estruturas complementares, onde estão instalados os equipamentos de broadcasting, responsáveis pela transmissão das imagens de Porto Alegre para todo o mundo.

A Copa em 4,3 km – Para traduzir a oportunidade de sediar a Copa em uma experiência marcante para moradores e visitantes de todos os continentes, a cidade oferece uma ampla programação que democratiza o clima do Mundial para além do espaço do estádio. A mobilização em torno dos eventos está sustentada em conceitos que são marcas da sociedade porto-alegrense – união, tolerância e diversidade. Entre as 12 sedes que receberão o Mundial, Porto Alegre tem como diferencial para o torcedor a oportunidade de viver a Copa em um trecho de 4,3 quilômetros, percorrendo a pé a gama de atrações entre o Centro Histórico e o estádio oficial da Copa – o Beira-Rio, incluindo o trajeto especial com serviços e atrações no Caminho do Gol, o Acampamento Farroupilha Extraordinário e as Fan Fests.

Mais de 6,7 mil pessoas qualificadas para o Turismo – Os workshops “Porto Alegre Turística”, realizados pela Secretaria Municipal de Turismo, e os “Encontros Técnicos Dicas Turísticas para Hotelaria e Gastronomia” chegaram a 6.740 pessoas entre taxistas, policiais civis e militares, guardas municipais e outros servidores, garçons, recepcionistas, camareiros e gerentes de hotéis, agentes de trânsito da EPTC, guias de turismo, agentes de viagem e demais profissionais do setor, voluntariado, atendentes de POINTs, CATs, recepcionistas bilíngües que atuarão no serviço de informação, entre outros públicos relacionados a atividades receptivas e comunidade em geral. 

Atrações e serviços para o jogo:






O planejamento da cidade para a Copa de Mundo: 

Desde que Porto Alegre foi confirmada como uma das 12 sedes da Copa do Mundo Fifa 2014, diversos órgãos municipais prepararam planos de atuação para o período. Veja, abaixo, as principais áreas mobilizadas e as respectivas ações:






A estreia de Porto Alegre na Copa 1950:

Quando o Brasil recebeu a quarta Copa do Mundo FIFA, em 1950, duas partidas foram realizadas na Capital gaúcha. O primeiro foi o jogo Iugoslávia 4x1 México, disputado em 28 de junho, uma quarta-feira. O outro foi Suíça 2x1 México, em 2 de julho, domingo.

O Estádio dos Eucaliptos foi reformado para a Copa de 1950, com a derrubada do antigo pavilhão de madeira, na Rua Silveiro – da época da inauguração, em 1931 –, e a construção de uma arquibancada de concreto. O Internacional recebeu ajuda da Prefeitura de Porto Alegre, C$500 mil, e 5% sobre a renda bruta dos dois jogos. Os sócios do Inter, no entanto, tiveram que pagar ingresso.

O mundial de 1950 foi de 24 de junho a 16 de julho, e teve como cidades-sede, além de Porto Alegre, Belo Horizonte, Curitiba, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...