Grupo H: Com tempestade de granizo, Bélgica derrota a Tunísia

Foto: Divulgação

08/06/2014

A equipe belga tentava não criar jogadas de contato para evitar qualquer lance perigoso

Em seu último amistoso antes de viajar para a Copa do Mundo no Brasil, a Bélgica enfrentou de tudo em Bruxelas e saiu de campo com uma vitória por 1 a 0 sobre a Tunísia, com gol aos 43 minutos do segundo tempo. Além da rispidez e violência excessiva dos jogadores tunisianos, os belgas encararam ainda uma tempestade de granizo que paralisou a partida por 40 minutos. Mas o resultado pode ser considerado positivo, já que nenhum jogador saiu machucado, mesmo com a desproporcional atitude agressiva dos tunisianos para um amistoso.

A equipe da casa começou o confronto sem contar com sua força máxima, com Witsel e Mertens no banco de reservas. Desde o início, as jogadas eram disputadas de forma muito ríspida, com os jogadores tunisianos sempre muito irritados com as decisões da arbitragem. Parecia uma partida de Copa.

Aos 24 minutos do primeiro tempo, num jogo que já sofria com a forte chuva, o árbitro húngaro Viktor Kassai interrompeu o confronto pela segurança dos jogadores, já que uma forte chuva de granizo atingia o estádio Rei Balduíno, em Bruxelas. O duelo ficou 40 minutos paralisados. Na volta dos vestiários, o clima agressivo continuava, principalmente da parte dos jogadores tunisianos, cuja equipe não está classificada para a Copa do Mundo no Brasil.

Na etapa final, o tom de agressividade dos jogadores da Tunísia superou qualquer previsão quando, em uma jogada de disputa de bola normal, o juiz Kassai marcou falta do atacante Jemâa. Não conformado com a marcação, o atleta simulou gestos de "roubo" com as mãos e foi expulso pelo árbitro. O atacante foi para cima do árbitro e só não o agrediu porque foi contido por seus companheiros.

Assustada, impressionada e precavida, por causa das últimas lesões que cortaram atletas do Mundial, a equipe belga tentava não criar jogadas de contato para evitar qualquer lance perigoso. No primeiro lance de perigo real, Vertonghen chutou forte em bola rolada por Mertens. O tiro passou perto do gol tunisiano.

Logo depois, o próprio Vertonghen deu um susto no banco belga ao sofrer uma falta criminosa de Mathlouthi, que recebeu cartão amarelo, o que ficou barato para o tunisiano.

Perto do fim da partida, a Bégica aumentou a intensidade e quase marcou quando Vertonghen, novamente ele, arriscou da entrada da área. O goleiro Ben Mustapha falhou, mas a bola saiu pela linha de fundo. No escanteio, Mertens marcou o gol, mas o juiz anulou o lance indicando que a bola fez a curva por fora do campo.

Quando tudo parecia decretar o empate, a Bélgica mostrou fôlego para definir o marcador. Aos 43, em jogada rápida, o atacante do Napoli, Mertens, foi acionado na área por Chadli e tocou rasteiro, na saída de Ben Mustapha.

A Bélgica agora só volta a entrar em campo em sua estreia na Copa do Mundo contra a Argélia, dia 17, no Mineirão. Além dos argelinos, os belgas encaram ainda Rússia, no Maracanã, no dia 22, e fecham a primeira fase contra a Coreia do Sul, dia 26, no Itaquerão, em São Paulo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...