Grécia 2 x 1 Costa do Marfim - Samaras entrega presente de grego aos africanos

Foto: Divulgação

25/06/2014

Pela primeira vez na história, os gregos conquistar uma vaga às oitavas de final

Para a história! Pela primeira vez, a Grécia conquistou uma vaga às oitavas de final de uma Copa do Mundo. A classificação veio no melhor estilo grego: de uma vitória sofrida, no melhor estilo da Eurocopa de 2004, e com uma pitada divina. Com sangue espartano nas veias, os gregos lutaram até o fim, e derrotaram, nesta terça-feira, a Costa do Marfim, por 2 a 1, com gol de pênalti aos 47 minutos da etapa complementar marcado por Samaras.

Com maior posse de bola em toda a partida, a Costa do Marfim também foi guerreira. Drogba não estava 100% fisicamente. Seu outro astro, Yayá Toure, perdeu um irmão durante a competição, mas mesmo assim acreditavam na classificação. Ela esteve muito perto, restava apenas alguns minutos para a festa, que acabou sendo estragada. Pelo terceiro Mundial seguido, os marfinenses, que desta vez, não estava em um “Grupo da Morte”, como nos anos anteriores, caíram na primeira fase.

Com a vitória, a Grécia garantiu a segunda colocação do Grupo C com quatro pontos, e terá a “zebra” Costa Rica nas oitavas. A Colômbia ficou na liderança. Já a Costa do Marfim ficou em terceiro com três, seguido por Japão com um.

SURPRESA GREGA!
Acordou Sabri Lamouchi? Preocupado com a possível eliminação da Costa do Marfim ainda na primeira fase da Copa do Mundo, o treinador optou por escalar, pela primeira vez, o atacante Didier Drogba entre os titulares. O craque era a melhor opção marfinense na primeira etapa, porém, foi bem marcador pelo sistema defensivo da Grécia, que esteve impecável.

Foto: Divulgação

A presença de Drogba nos gramados na Arena Castelão foi logo sentida pelos torcedores. A cada toque do craque, o estádio ia a loucura. Apesar da leve vantagem da Costa do Marfim, a Grécia conseguia conter bem os avanços adversários e jogava por uma bola, esta provavelmente de contra-ataque ou de um erro do rival, o que acabou acontecendo.

A Grécia, que perdeu logo cedo dois jogadores por contusão, abriu o placar aos 42 minutos. A Costa do Marfim errou na saída de bola. Samaras aproveitou a falha e tocou para Samaris. O meia chutou por cima do goleiro Barry e deu uma sobrevida aos gregos na Copa do Mundo. Restava agora apenas uma vitória ou um empate da Colômbia na partida contra o Japão.

O placar só não foi pior para a Costa do Marfim, porque o chute de Chovelas explodiu no travessão. Mas, um empate também poderia ter saído. No fim do embate, Yaya Touré fez uma linda jogada individual e arriscou. A bola bateu na zaga grega, que afastou o perigo na sequência.

MILAGRE NO FINAL!

Foto: Divulgação

A segunda etapa foi mais do mesmo. A Costa do Marfim seguiu em cima e a Grécia apostava nas jogadas de contra-ataque. A primeira chance de perigo saiu dos pés de Tioté. Gervinho rolou para o volante que chutou no meio do gol. Os marfinenses se abriram e os gregos tentavam se aproveitar disso, em chutes de Christodoupoulos e Salpingidis.

Com os chutes de longa distância, os gregos ameaçavam mais. A Costa do Marfim, porém, contou com o fator sorte, que nunca esteve presente com a equipe em uma Copa do Mundo, mas isso ficou claro no chutaço de Salpingidis, que parou no travessão de Barry. Em seguida, Chistodoupoulos tentou mais uma, mirou o ângulo, mas a bola foi para a linha de fundo.

Aos 28 minutos, porém, veio o castigo grego. Após boa triangulação da Costa do Marfim, Kalou rolou para Bony, que acabara de entrar, deixar tudo igual. Logo em seguida, os torcedores confiantes em vê o gol de Drogba, viu os planos irem para água abaixo. O craque foi substituído e os marfinenses se fecharam com o intuito de segurar o resultado.

A Costa do Marfim acabaram ganhando um presente grego de seu próprio jogador. Sio travou o chute de Samaras e o árbitro marcou penalidade máxima, aos 47 minutos da etapa final. O atacante foi para a cobrança e carimbou a classificação da Grécia. A sorte passou para o lado dos gregos. 2004, irá se repetir?

PRÓXIMOS JOGOS
Nas oitavas de final, a Grécia enfrenta a Costa Rica no domingo, às 17h, na Arena Pernambuco, em Recife. Já a Costa do Marfim se despede do território brasileiro.

FICHA TÉCNICA:

GRÉCIA 2 x 1 COSTA DO MARFIM

GRÉCIA - Karnezis (Glykos); Torosidis, Sokratis, Manolas e Cholevas; Matianis, Kone (Samaris), Christodoulopoulos e Karagounis (Gekas); Samaras e Salpingidis. Técnico: Fernando Santos.

COSTA DO MARFIM - Barry; Aurier, Kolo Touré, Bamba e Boka; Tiote (Bony), Serey, Kalou e Yaya Touré; Gervinho (Sio) e Drogba (Diomandé). Técnico: Sabri Lamouchi.

GOLS - Samaris, aos 41 minutos do primeiro tempo; Bony, aos 28, e Samaras, aos 47 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS - Drogba, Kalou e Serey (Costa do Marfim).
ÁRBITRO - Carlos Vera (Fifa/Equador).
RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.
LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...