Costa Rica 0 x 0 Inglaterra - Adeus campeões! O primeiro lugar do Grupo da Morte é meu

Foto: Divulgação

25/06/2014

No adeus de Steven Gerrard, a seleção inglesa fez uma partida preguiçosa e não conseguiu furar o bloqueio costa-riquenho.

O impossível aconteceu! A Costa Rica surpreendeu o Mundo ao conquistar o primeiro lugar do "Grupo da Morte". Os costa-riquenhos deixaram para trás nada menos do que três campeões mundiais. Depois de bater Uruguai e Itália, empataram, na tarde desta terça-feira, com a Inglaterra, por 0 a 0, em um jogo de muitas faltas e poucas oportunidades, realizada no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela terceira rodada.

No adeus de Steven Gerrard, a seleção inglesa fez uma partida preguiçosa e não conseguiu furar o bloqueio costa-riquenho. Por outro lado, satisfeito com o empate, a Costa Rica não se expôs e conseguiu garantir o empate.

Com o resultado a Costa Rica se classificou em primeiro do Grupo D, com sete pontos ganhos e pega nas oitavas o segundo colocado do Grupo C. Enquanto os ingleses fazem as malas de volta para a casa, em último lugar no "Grupo da Morte", com apenas um ponto ganho.

Foto: Divulgação

DE DAR SONO!
A Costa Rica começou melhor na partida. Logo na primeira boa escapada o atacante Joe Campbell arriscou e a bola desviou em Cahill, levando perigo ao goleiro Foster. Tocando melhor a bola e conseguindo envolver a defesa inglesa, os costa-riquenhos começaram mandado no jogo. Por sua vez os ingleses iniciaram muito desatentos e sofriam para conseguir furar o bloqueio do adversário.

A primeira boa chegada da Inglaterra aconteceu aos 12 minutos. Sturridge chutou da entrada da área e a bola passou tirando tinta da trave do goleiro Keylor Navas. O jogo seguiu muito disputado, com a Costa Rica marcando muito e apostando nos rápidos contra-ataques, enquanto a seleção inglesa dependia de alguns lampejos individuas, principalmente com o jovem atacante Sturridge.

Em um jogo muito disputado no setor de meio campo e com muitas faltas, os costa-riquenhos usaram da bola parada para assustar a Inglaterra. Após falta de Lallana em Campbell, o volante Borges acertou a trave e quase abriu o marcador aos 22.

Os ingleses usaram do mesmo artifício para chegar ao gol do goleiro Navas. Após cruzamento da esquerda Sturridge, de novo ele, subiu sozinho e cabeceou pra fora. A primeira etapa terminou sonolenta, com um jogo muito truncado e de poucas oportunidades. Os costa-riquenhos foram melhores em boa parte, enquanto a Inglaterra apostava na individualidade de seus homens de frente para chegar ao gol adversário.

TUDO IGUAL!
A segunda etapa começou mais aberta, a Inglaterra voltou melhor, dominou os primeiros dez minutos, criava as oportunidades, mas pecava na hora de concluir. Em tarde inspirada, o goleiro Navas salvou a Costa Rica em duas oportunidades, após uma escapada de Lallana pela esquerda, o meia tentou um passe pra dentro da área buscando Sturridge. O arqueiro, porém, interceptou o cruzamento que deixaria o atacante sozinho, de frente para o gol vazio.

Após blitz inglesa, a Costa Rica conseguiu igualar a partida e chegou novamente com perigo ao gol de Foster. Bolanõs recebeu pelo meio e arriscou de longe para a boa defesa do arqueiro. A Inglaterra respondeu na mesma moeda, em uma boa jogada pela ponta direita, Sturridge tabelou e chutou tirando tinta da trave, perdendo a melhor oportunidade do English Team na partida.

A Costa Rica voltou tomar controle da partida, ficava com a posse da bola e saía com rapidez para os contra-ataques. Enquanto a Inglaterra, entregue fisicamente, tinha dificuldades para chegar novamente com perigo ao gol adversário. Em busca de conquistar os primeiros três pontos na Copa, os ingleses se lançaram ao ataque, ficando exposto. Mas, sem aproveitar as poucas oportunidades que tiveram, ambas seleções fizeram um jogo sonolento, que acabou empatado em 0 a 0.

FICHA TÉCNICA:

COSTA RICA 0 x 0 INGLATERRA

COSTA RICA - Navas; Miller, Duarte, González; Gamboa, Borges (Barrantes), Diaz, Tejeda, Ruiz; Brenes (Bolaños) e Campbell (Ureña). Técnico: Jorge Luis Pinto.

INGLATERRA - Ben Foster; Jones, Smalling, Cahill e Shaw; Lampard, Wilshere (Gerrard), Milner (Rooney), Barkley e Lallana (Sterling); Sturridge. Técnico: Roy Hodgson.

CARTÕES AMARELOS - Barkley, González e Lallana.
ÁRBITRO - Djamel Haimoudi (Argélia).
RENDA - Não disponível.
PÚBLICO - 57.823 presentes.
LOCAL - Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG).



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...