Coreia do Sul 0 x 1 Bélgica - Vitória no fim e liderança confirmada!

Foto: Divulgação

26/06/2014

Nas oitavas de final, os belgas terão os Estados Unidos pela frente

Nada de milagre! Com o time misto e um homem a menos desde o final da primeira etapa, a Bélgica fez um jogo seguro e mais uma vez conquistou a vitória nos últimos minutos da partida, realizada no Itaquerão, em São Paulo. A Coreia do Sul até esboçou uma ou outra jogada de mais risco, mas ficou aquém do que era esperado em toda Copa do Mundo, e acabou se despedindo do torneio com a derrota por 1 a 0.

A vitória sacramentou a liderança do Grupo H para a Bélgica e se torna a quarta seleção à se classificar com 100% de aproveitamento. Antes dos belgas estão: Holanda, Colômbia e Argentina. Na próxima fase, o adversário será os Estados Unidos, segundo colocado do Grupo G.

A Coreia do Sul, por sua vez, se despede com apenas um ponto conquistado, este no empate em 1 a 1 diante da Rússia, ainda na estreia do Mundial. Tento, este, que foi o principal motivo pelo adeus dos russos. A Argélia empatou com os europeus por 1 a 1 e carimbaram a vice-liderança.

PASSARAM EM BRANCO!
Em busca de um milagre! A Coreia do Sul entrou na partida sonhando com a classificação. A situação era complicada, mas a esperança era a última que morreria. Para piorar a situação, o histórico diante da Bélgica, seu adversário desta quinta-feira, não é nada bom. As equipes se enfrentaram em duas oportunidades em Copas do Mundo. Na primeira, em 1990, vitória dos europeus por 2 a 0. Já em 98 empataram em 1 a 1.

Foto: Divulgação

A bola rolou, mas as arquibancadas foram tomadas pela rivalidade do futebol paulista. Gritos de Palmeiras e Corinthians escoavam pelo estádio. Enquanto isso, os coreanos estavam cada vez mais apreensivos. A cada minuto que se passava, a classificação ficava mais distante.

Mesmo com um time misto, a Bélgica estava melhor em campo e perdeu uma grande oportunidade de abrir o marcador aos 25 minutos. Fellaini dividiu, a bola sobrou na entrada da pequena área nos pés de Mettens, que perdeu um gol incrível, mandando para a arquibancada.

A reposta da Coreia veio logo em seguida. Após cobrança de escanteio de Chung Lee, Koo tocou para Sun Heung Min, que de cabeça só não saiu para comemorar, pois a zaga belga se recuperou a tempo e afastou o perigo.

Em partida com apenas duas chances de perigo, o destaque ficou por conta da expulsão de Ateven Defour. O jogador cometeu dura falta em Kim Shin Wook e deixou a Bélgica em situação delicada. Se derrotada, correria o risco de ficar em segundo e encontrar a Alemanha na próxima a fase.

DEU A LÓGICA!
Com um homem a menos em campo, a seleção belga abandonou o sistema ofensivo e se fechou. Na atual situação, o mais importante era não sofrer gols. Mirallas era o único homem que ficava a frente da linha de meio de campo, mas mesmo assim ajudava na marcação. Em uma jogada de contra-ataque, Fellaini cavou o pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

Foto: Divulgação

Tímida, a Coreia foi evoluindo aos poucos e começava a chegar com mais freqüência. Aos 13 minutos, a bola só não entrou, pois acertou caprichosamente o travessão de Courtois. Son Heung Min tentou cruzar, mas acabou acertando o poste.

O sonho de ficar com uma vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo, acabou para a Coreia do Sul aos 32 minutos. Origi arriscou o chute, Kim Seug Gyu deu rebote nos pés de Vertonghen. O lateral soltou o pé para abrir o marcador.

Após o gol, a Coreia se entregou e não teve forças para mais nada. Tanto é que, a Bélgica estava mais perto de fazer o segundo gol, do que os coreanos do primeiro. Isso só não aconteceu pela grande defesa de Kim Seug Gyu no chute de Hazard. Os coreanos, porém, tiveram a chance de empatar no último minuto, quando Heun Ho mandou de letra para defesa de Courtois.

PRÓXIMO JOGO
A Bélgica enfrenta os EUA na terça-feira, às 17h, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Já a Coreia do Sul pega o avião de volta para casa.

FICHA TÉCNICA:

COREIA DO SUL 0 x 1 BÉLGICA

COREIA DO SUL - Kim Seung Gyu; Lee Yong, Kim Young Gwon, Hong Jeong Ho, Yun Suk Young; Han Kook Young (Lee Keun Ho), Ki Sung Yueng, Lee Chung Young, Koo Ja Cheol; Son Heung Min (Ji Dong Won) e Kim Shin Wook (Kim Bo Kyung). Técnico: Hong Myung Bo.

BÉLGICA - Courtois; Vanden Borre, Van Buyten, Lombaerts e Vertonghen; Defour, Fellaini, Dembélé, Mertens (Origi); Januzaj (Chadli) e Mirallas (Hazard). Técnico: Marc Wilmots.

GOL - Vertonghen, aos 32 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS - Hong Jeong Ho, Dembélé.
CARTÃO VERMELHO - Defour.
ÁRBITRO - Benjamin Williams (Austrália).
RENDA - Não disponível.
PÚBLICO - 61.397 presentes.
LOCAL - Estádio Itaquerão, em São Paulo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...