Bélgica 1 x 0 Rússia - Sem vergonha? Origi salva sensação e garante vaga nas oitavas

Foto: Divulgaão

23/06/2014

Torcida brasileira chegou a gritar "time sem vergonha" por conta do mal rendimento de Hazard e cia no segundo tempo

Em um jogo muito equilibrado e marcado pelas vaias da torcida brasileira, a "talentosa geração" da Bélgica sofreu, mas derrotou a Rússia por um a zero na tarde deste domingo, no Maracanã. Vista como uma sensação por muitos nessa Copa do Mundo, a Bélgica não fez uma boa partida, mas Origi salvou a equipe aos 42 minutos do segundo tempo.

Com a vitória, a Bélgica carimba a vaga para as oitavas de final. A equipe de Hazard e Felaini chega aos seis pontos conquistados e lidera o Grupo H. Já a Rússia segue com um ponto conquistado na terceira posição, e precisa torcer por um empate entre Coréia do Sul e Argélia, que se enfrentam às 16 horas.

TUDO IGUAL!
A Bélgica entrou em campo neste domingo com a missão de apagar a má atuação contra a Argélia e deslanchar de vez no Grupo H. Porém, a Rússia não queria vacilar e fez páreo duro frente a Seleção considerada uma das possíveis surpresas para esta Copa do Mundo. O resultado disso foi um primeiro tempo muito equilibrado e sem gols.

Foto: Divulgação

Mais veloz, a Bélgica chegava com perigo ao gol russo, mas não conseguia marcar. As principais jogadas saíam dos pés de Mertens que, do lado direito do campo, infernizava a vida dos zagueiros adversários. Pelo lado esquerdo, Hazard, um dos craques da equipe, esteve muito abaixo do esperado nos 45 minutos iniciais.

Já a Rússia tentava se aproveitar dos contra-ataques para levar perigo ao gol defendido por Courtois. Em dois chutes de fora da área o goleiro conseguiu evitar o primeiro gol da partida. Aos 43 minutos, Kokorin teve a melhor chance de marcar. O atacante subiu livre de cabeça e, na pequena área, acabou mandando pela linha de fundo.

NO APAGAR DAS LUZES!
Mudou de lado, mudou o domínio. Se no primeiro tempo quem teve mais posse de bola e mais chances de gol foi a Bélgica, na etapa complementar a Rússia passou a dominar o jogo e esfriou os ânimos da seleção sensação dessa Copa.

Com pouca criatividade para sair da marcação adversária, a Bélgica assistia a Rússia a trocar passes e ganhar espaço no Maracanã. A equipe até pressionava, mas os jogadores não conseguiam acertar o gol de Courtois, que apenas observava as bolas se perdendo pela linha de fundo.

A queda de rendimento da Bélgica com relação ao primeiro tempo gerou algumas vaias das arquibancadas do Maracanã. Alguns torcedores mais ousados chegaram a gritar até “ão ão ão segunda divisão”, além de chamar a equipe comandada por Hazard e Felaini de “time sem vergonha”.

Nos últimos cinco minutos de jogo a Bélgica parece ter acordado e quase abriu o marcador em duas oportunidades. Em cobrança de falta, Mirallas acabou acertando a trave da Rússia. No lance seguinte, Hazard passou por dois marcadores e finalizou pro gol, mas a bola desviou na zaga e se perdeu pela linha de fundo.

Porém, Hazard salvou a Bélgica aos 42 minutos. O meia do Chelsea carregou a bola pela esquerda, passou por dois marcadores e rolou para trás. Origi, que entrou no lugar de Lukaku, tocou no canto esquerdo do goleiro russo, que nada pôde fazer.

PRÓXIMOS JOGOS
Com a vaga garantida na próxima fase, a Bélgica volta a campo na próxima sexta-feira, às 17 horas, na Arena Corinthians, em São Paulo, contra a Coréia do Sul. Já a Rússia enfrenta a Argélia, no mesmo dia e horário, na Arena da Baixada, em Curitiba.

FICHA TÉCNICA:

BÉLGICA 1 X 0 RÚSSIA

BÉLGICA - Courtois; Alderweireld, Van Buyten, Kompany e Vermaelen (Vertonghen); Witsel, Fellaini, Mertens (Mirallas), De Bruyne e Hazard; Lukaku (Origi). Técnico: Marc Wilmots.

RÚSSIA - Akinfeev; Kozlov (Eshchenko), Berezutski, Ignashevich e Kombarov; Glushakov, Shatov (Dzagoev), Samedov (Kerzhakov) e Fayzulin; Kokorin e Kanunnikov. Técnico: Fábio Capello.

GOL - Origi, aos 42 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Witsel, Alderweireld (Bélgica); Glushakov (Rússia).
ÁRBITRO - Felix Brych (Alemanha).
RENDA - não disponível.
PÚBLICO - 73.819 presentes.
LOCAL - Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...