Porto Alegre lança campanha contra preconceito para a Copa do Mundo

Campanha foi lançada no estádio Beira-Rio (Foto: Divulgação/Prefeitura de Porto Alegre)

04/05/2014

Ação foi desenvolvida no estádio Beira-Rio, sede dos jogos do Mundial.
Iniciativa baseou-se em recentes episódios de discriminação racial.

A Prefeitura de Porto Alegre lançou neste domingo (4) uma campanha contra o preconceito para a Copa do Mundo 2014. A iniciativa baseou-se em episódios recentes de discriminação racial, cujas vítimas foram os jogadores Tinga e Daniel Alves e o árbitro Márcio Chagas. O lançamento ocorreu no estádio Beira-Rio, que será palco de cinco jogos do Mundial em junho, antes do jogo entre Inter e Sport pelo Campeonato Brasileiro.

Intitulada “Todos os povos, todas as cores - Porto Alegre contra o preconceito”, a campanha estimula o respeito às diferenças, a tolerância a e união. O movimento deve ser divulgado em rádios, na televisão e nas ruas, com peças publicitárias antes e durante a Copa, para mostrar às pessoas que visitarem Porto Alegre que não há distinção de qualquer espécie na cidade.

Na última semana, o lateral-direito do Barcelona e da Seleção Brasileira Daniel Alves foi alvo de preconceito durante jogo pelo Campeonato Espanhol entre o time que ele defende e o Villarreal. Na ocasião, um torcedor atirou uma banana no campo e o jogador a comeu.

No dia 5 de março, o árbitro gaúcho Márcio Chagas também esteve envolvido em um caso de racismo durante o Campeonato Gaúcho. Depois da partida entre Esportivo e Veranópolis, ele encontrou bananas em seu carro, que também foi danificado por torcedores do clube de Bento Gonçalves. O caso foi parar na Justiça Desportiva.

Em fevereiro, o jogador Tinga, ex-jogador de Grêmio e Inter, foi alvo de atos racistas durante um jogo da Taça Libertadores. Na ocasião, os torcedores do Real Garcilaso emitiram sons de macaco quando o volante cruzeirense pegava na bola.

Fonte: G1 RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...