Hemocentro prepara serviços de sangue para a Copa do Mundo com plano que eleva estoques em 30%

Hemocentro tem planejamento para a Copa 2014 - Foto: Elton Augusto dos Santos.

17/05/2014

O Hemocentro do Estado do RS, que coordena a Hemorrede Pública do RS, está integrado às ações de preparação da saúde brasileira para a Copa do Mundo. As principais providências prevêem o aumento dos estoques em 30% para todos os grupos sanguíneos. Ações foram definidas em encontros realizados em 2013 e previstas no Plano Nacional de Contingência. O objetivo é garantir o atendimento rotineiro da população e eventuais emergências no Rio Grande do Sul antes, durante e logo após o período de partidas a serem disputadas em Porto Alegre.

Além de incrementar o agendamento de grupo de doadores junto a parceiros, empresas e ONGs, as coletas externas com unidades móveis foram duplicadas em maio, junho e julho, totalizando um cronograma de 20 visitas a comunidades escolhidas. Ao mesmo tempo, o Hemocentro abrirá dois sábados por mês, recebendo, especialmente, doadores de igrejas adventistas. Tais ações são extensivas aos hemocentros do interior do Estado.

Desde já os doadores estão convidados a colaborar, doando sangue na Hemorrede Pública. Entre os critérios básicos, é necessário estar em boas condições de saúde, portar documento oficial de identidade com foto, peso igual ou superior a 50 kg e idade entre 16 e 69 anos. Menores de 18 anos precisam de autorização de pais ou responsáveis legais.

Mais detalhes sobre como e onde doar estão disponíveis em www.hemocentro.rs.gov.br. Informações pelo telefone (51) 3336.6755. O Hemocentro do Estado fica na Av. Bento Gonçalves, 3722, Bairro Partenon, em Porto Alegre.

A gerência de estoque da Hemorrede Pública está a cargo do enfermeiro Gerson Basso, diretor-adjunto do Hemocentro do Estado. As informações são recebidas de mais oito hemocentros localizados no interior do Estado e dos bancos de sangue públicos do Grupo Hospitalar Conceição e do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. O objetivo é monitorar os estoques e repassar os dados à Coordenação Geral de Sangue e Hemoderivados (CGSH) do Ministério da Saúde.

Ações prévias
As ações anteriores à Copa do Mundo incluem a captação de doadores, orientando para o comparecimento aos postos de coleta específicos, mantendo estoques estratégicos nos serviços médicos de urgência/emergência de referência para o evento (Hospital de Pronto Socorro, Grupo Hospitalar Conceição). Também foi realizada uma revisão do cadastro de doadores com fenótipos raros, como O Negativo, visando contato em caso de necessidade.

A informação sobre os estoques disponíveis de hemácias e plaquetas na Hemorrede Estadual é diária, possibilitando remanejamentos cinco dias antes do evento, durante e cinco dias após o último jogo em Porto Alegre. Outra medida tomada é a identificação dos serviços de apoio administrativo (suprimentos de insumos, informática, manutenção, higienização e transporte), em cada hemocentro regional e coordenador.
Ocorreu ainda a capacitação de profissionais ligados às outras unidades que compõem a área de abrangência do serviço de hemoterapia (agências transfusionais e hospitais parceiros), para apoio de recursos humanos nas áreas técnicas, caso necessário. Finalmente, definiram-se as responsabilidades dos serviços de transporte de sangue e hemocomponentes, bem como de materiais necessários para o atendimento de eventualidades.

Durante o evento
Durante a realização de jogos, havendo baixa de estoques, serão incrementadas as estratégias imediatas de captação de doadores, remanejamento de estoques entre hemocentros da Hemorrede, ampliação de coletas externas, incentivo ao voluntariado (empresas, escolas, universidades e comunidade em geral), monitoramento da logística, recursos humanos e insumos e acionamento da mídia (rádio, jornal, televisão, internet) para pedidos de sangue, sempre que necessário.

Depois do mundial
Monitoramento dos estoques estaduais, avaliação do trabalho realizado, balanço dos pontos positivos e negativos, levantamento de sugestões corretivas para outros eventos de massa, elaboração de relatório final, divulgação dos resultados.

O Hemocentro do Estado é um departamento técnico da Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde (Fepps), instituição vinculada à Secretaria Estadual da Saúde. Os hemocentros regionais estão localizados em Alegrete, Caxias do Sul, Cruz Alta, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Pelotas, Santa Maria e Santa Rosa.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...