Copa 2014: Operário morre em acidente na Arena Pantanal

Arena Pantanal registrou a primeira morte em suas obras, a nona no total em todas as sedes
Crédito: Estadão Conteúdo

10/05/2014

Um operário morreu na quinta-feira (8/5) na Arena Pantanal, estádio que será palco de quatro partidas na Copa do Mundo de 2014. Mohammed Ali Maciel Afonso, de 32 anos, nona vítima fatal registrada em obras para o Mundial desde junho de 2012, sofreu uma descarga elétrica no setor Leste do estádio, falecendo em seguida.

O funcionário chegou a ser atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), sem sucesso. Informações iniciais dão conta que Afonso trabalhava para o consórcio CLE, na parte elétrica do estádio.

A Arena Pantanal é um dos três estádios da Copa que ainda estão em obras - os outros dois são a Arena Corinthians e a Arena da Baixada. Na reta final da instalação de cadeiras, o estádio registra 98% de conclusão das obras e terá sua inauguração oficial no dia 20 de maio.

As nove vítimas em obras em estádios da Copa do Mundo 2014:

1) José Afonso de Oliveira Rodrigues, 21 anos. Estádio Mané Garrincha (Brasília/DF). Junho de 2012.
O ajudante de carpinteiro caiu de uma altura de 30 metros em uma laje que ficava entre o teto e a arquibancada do estádio e não resistiu aos ferimentos.

2) Raimundo Nonato Lima Costa, 49 anos. Arena da Amazônia (Manaus/AM). Março de 2013.
O pedreiro caiu de uma altura de cerca de cinco metros após tentar passar de uma coluna para o andaime, vindo a falecer na sequência.

3) Fábio Luiz Pereira, 42 anos. Arena Corinthians (São Paulo/SP). Novembro de 2013.
O operador de guindaste morreu após a queda de um guindaste sobre parte da arquibancada do estádio.

4) Ronaldo Oliveira dos Santos, 44 anos. Arena Corinthians (São Paulo/SP). Novembro de 2013.
O montador morreu após a queda de um guindaste sobre parte da arquibancada do estádio.

5) Marcleudo de Melo Ferreira, 22 anos. Arena da Amazônia (Manaus/AM). Dezembro de 2013.
O operário morreu depois de cair de uma altura de 35 metros, quando trabalhava na montagem da cobertura do estádio.

6) José Antônio da Silva Nascimento, 49 anos. Arena da Amazônia (Manaus/AM). Dezembro de 2013.
O operário sofreu um infarte enquanto trabalhava nas obras do Centro de Convenções do Amazonas, que fica ao lado do estádio.

7) Antônio José Pita Martins, 55 anos, Arena da Amazônia (Manaus/AM). Fevereiro de 2014.
O técnico português morreu enquanto passava por uma cirurgia depois de sofrer um acidente na desmontagem de um guindaste em um terreno vizinho ao estádio.

8) Fábio Hamilton da Cruz, 23 anos, Arena Corinthians (São Paulo/SP). Março de 2014.
O operário morreu após sofrer queda de uma altura de 8 metros enquanto trabalhava na montagem das arquibancadas provisórias do estádio.

9) Mohamed Ali Maciel Afonso, 32 anos, Arena Pantanal (Cuiabá/MT). Maio de 2014.
O operário foi vítima de uma descarga elétrica e morreu.

Fonte: Brasilpost

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...