Consórcio de empresas está implantando 241 antenas para garantir qualidade de sinal para 50 mil torcedores, simultaneamente

19/05/2014

Uma reunião realizada na manhã desta segunda-feira (19.05), no gabinete da Presidência da Assembleia Legislativa gaúcha, indicou a resolução de um problema comum nos estádios de futebol e que causava preocupação para a Copa do Mundo em Porto Alegre. Convocadas para prestar esclarecimentos sobre a infraestrutura de telefonia móvel e de transmissão de dados instalada no Beira-Rio, as operadoras do setor revelaram estar finalizando a implantação de um sistema capaz de atender grandes aglomerações e asseguraram que tudo estará funcionando até o fim do mês.

A ação é resultado de um consórcio nacional entre as operadoras – no Rio Grande do Sul liderado pela Claro – especificamente para garantir o atendimento da demanda na Copa. De acordo com o gerente de engenharia de implantação da Claro, Márcio Martini, o sistema implantado dentro do estádio é igual ao usado nas Olimpíadas de Londres, em 2012: “No Brasil, foi usado pela primeira vez na Copa das Confederações e funcionou. Hoje, no Beira-Rio, todas as antenas já estão instaladas, exceto nas arquibancadas, que até a próxima sexta-feira (23.05) devem estar prontas. E até 30 de maio todo o sistema estará em funcionamento”, afirmou. Os equipamentos ficarão como legado, para depois da Copa.

No total são 241 antenas instaladas dentro do Beira Rio, estrutura avaliada como suficiente para atender a capacidade do Beira-Rio, de 50.128 espectadores, simultaneamente. Conforme as operadoras, foram investidos R$ 200 milhões em telefonia nos estádios brasileiros da Copa para atender o ambiente externo.

No dia 9 de junho, uma nova reunião irá averiguar o cumprimento dos prazos e a finalização das obras. Participaram do encontro, ainda, o presidente da Assembleia Legislativa, Gilmar Sossela (PDT), o relator da CPI da Telefonia, Daniel Bordignon (PT), representantes das operadoras, da prefeitura de Porto Alegre, da Câmara Municipal, das companhias de Processamento de Dados do Município (Procempa) e do Estado (Procergs), da Telebrás, do Internacional, da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio Grande do Sul (Arfoc), do Ministério Público, da Defensoria Pública e da OAB-RS.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...