Confraternização e alegria marcam o treinamento de voluntários da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 no Beira-Rio

Muita motivação e confraternização em treinamento no Beira-Rio - Foto: Nathália Ely/CGCopa.

19/05/2014

Integração, aprendizado e disposição. Essas foram as três palavras-chaves que reuniram os voluntários da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™ nesse domingo (18) no Fifa Fun Day no estádio Beira-Rio.  Na oportunidade, os voluntários puderam interagir com colegas e coordenadores, conhecer algumas dependências do estádio que sediará cinco partidas do Mundial, além de receber treinamento para garantir o sucesso do megaevento. Um abraço simbólico no Estádio, em que todos se deram as mãos ao redor do gramado, demonstrou mais dois grandes sentimentos de quem participará da Copa 2014: união e mobilização.

 Para o gerente do escritório do Comitê Organizador Local (COL) em Porto Alegre, Paulo Jukoski, o encontro é uma oportunidade de apresentar o estádio, integrar e mostrar as alegrias de uma Copa do Mundo da FIFA para aqueles que “estão doando o seu coração para uma competição que a gente tem tanto orgulho”.

 “Os voluntários são o coração da Copa do Mundo pelo engajamento, pelo entusiasmo, pela alegria que eles vêm. Eles vestem a camisa da competição’, exaltou Paulão.

Foto: Divulgação

 Estrangeiros e brasileiros no país do futebol

 Se para os brasileiros, a Copa do Mundo é uma oportunidade de mostrar a alegria e a receptividade do povo para os visitantes, para os estrangeiros, é a vontade de estar no país do futebol. Sentimento expressado pelo costariquenho José Andrés Fallas Mora, de 27 anos, pela primeira vez no Brasil. “Acredito que a experiência de estar no país que mais tem futebol, e também sentir como todas essas pessoas vivem foi o que me motivou a ser voluntário aqui no Brasil”, declarou.

 Já para o professor de Educação Física, de 39 anos, Rafael Heinzelmann, ser voluntário é uma chance de participar de um momento histórico para o país.  “Só o prazer de estar participando e ajudando as pessoas já vale a participação. O voluntariado da Copa vai permitir não só estar envolvido no evento, mas também  ajudar a  recepcionar os estrangeiros que vem para o Brasil, e a gente poder recepcionar da melhor maneira possível”. Sobre o Fun Day, Heinzelmann pensa que é um presente. “É uma valorização da nossa função dentro do evento. Poder estar aqui, entrar no estádio, não tem preço, é uma honra muito grande”, afirma ele que atuará na área de Transporte no Beira-Rio.

 Gostar de futebol e atuar com voluntariado são motivos que atraíram as jovens Victória Leite de Oliveira, de 22, e Elisa Struecker, de 20 anos.  “Eu decidi que eu vou fazer porque eu acho que o Brasil não pode ficar feio para fora, hoje eu quero representar o meu país e mostrar que a gente realmente pode”, enfatizou Victória.  “Eu quero poder falar para as pessoas, meus netos, meus filhos que eu fiz parte disso”, concorda Elisa, que ainda acha que os voluntários podem representar a diversidade brasileira “Tu vês que aqui tem gente nova, gente mais velha, pessoas de vários tipos querendo representar o povo brasileiro de alguma forma” completa.

 Todos esses sentimentos vão ao encontro do que o Comitê Organizador Local (COL) acredita ser o voluntariado.  O COL acredita que os voluntários da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 irão refletir a personalidade dos brasileiros: alegre e receptiva.

 A expectativa é de contar com 14 mil voluntários. Nas duas janelas de inscrições (entre agosto e setembro de 2012 e entre setembro e outubro de 2013) gerou um total de 152.101 candidatos, número que marca um novo recorde na história do torneio, pois representa mais do que o dobro da Copa do Mundo da FIFA África do Sul 2010 (70 mil) e mais do que o triplo da Copa do Mundo da FIFA Alemanha 2006 (45 mil). Só de estrangeiros, são 11.430 vindos de 158 países. Sendo Colômbia (1.427), Estados Unidos (772), Espanha (760), México (742), Argentina (731), Polônia (495), Peru (481), Alemanha (352), China (335) e Rússia (314) os dez países com mais candidatos.

As áreas de atuação dos voluntários incluem os setores de Transporte, Mídia, Segurança, Protocolo, Departamento Médico, Serviço de Idiomas, Serviços ao Espectador, entre outros.

Texto e fotos: Nathália Ely 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...