Apenas seis estádios assinaram contrato para oferecer Wi-Fi na Copa do Mundo

17/05/2014

Os outros seis não chegaram a um acordo com as operadoras de telefonia.

O ministro das Comunicações (Minicom), Paulo Bernardo, declarou que apenas seis dos 12 estádios que sediarão as partidas de futebol fecharam contratos para oferecer Wi-Fi para os torcedores: Porto Alegre, Brasília, Manaus, Cuiabá, Salvador e Rio de Janeiro. Os demais não chegaram a um consenso com as operadoras de telefonia.

Segundo Bernardo, o governo federal não vai interferir nas negociações entre as operadoras de telefonia e os administradores das arenas da Copa do Mundo 2014 para a instalação de antenas Wi-Fi dentro dos estádios. O ministro explica que esta é uma "negociação privada entre as teles e os estádios".

"Como vamos falar quanto tem que pagar? O Maracanã é administrado por uma empresa privada; nós vamos fazer lobby pra quem? Para as teles ou para os estádios? Para nenhuma delas", afirmou o Bernardo. A instalação de antenas Wi-Fi melhora a qualidade do tráfego de dados, ao desafogar as redes 3G e 4G em lugares de grandes aglomerações temporárias.

O ministro ainda garantiu que foi integralmente cumprida a responsabilidade do governo com a FIFA, que é a instalação de uma rede de fibra óptica para a transmissão dos jogos. A rede ficou pronta em 2013 nas seis cidades sede da Copa das Confederações e nas demais cidades, em abril de 2014.

Bernardo afirma que a demora na entrega de alguns estádios atrapalhou a instalação de infraestrutura, mas acrescentou que as dificuldades foram superadas e a Telebras está realizando os últimos testes de capacidade da fibra e de dupla abordagem já dentro dos estádios.

O ministro voltou a ratificar que as obrigações contidas no edital de venda da faixa de 2,5 GHz para a implantação do 4G foram uma decisão de governo, sem relação com a FIFA.

"As obrigações do 4G foram estabelecidas para todo o território nacional, de acordo com um cronograma previamente definido, começando pelas cidades da Copa, antecipando investimentos que já estavam previstos de serem realizados", destacou.

Fonte: IPNews


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...