Zico vê Argentina como adversária ideal para possível decisão: 'São fregueses'

Zico acredita no título da Seleção e vê Argentina como adversária ideal para final
Foto:  Márcio Moraes / Agência O Dia

28/04/2014

Galinho elogia Felipão, confia no hexacampeonato mundial e comenta repercussão negativa da organização da Copa

Um dos grandes jogadores da história do futebol brasileiro, Zico falou sobre a expectativa para a Copa do Mundo de 2014. Convidado especial de um evento sobre o Mundial, em Guaratinguetá, no interior de São Paulo, o Galinho de Quintino fez elogios a Luiz Felipe Scolari e disse que a Seleção tem grandes chances de conquistar o hexacampeonato em casa. 

"A expectativa é a melhor possível. Felipão está fazendo um belo trabalho. Estou muito confiante de que o time poderá trazer mais um caneco para o país", disse o Galinho de Quintino, que participou do Mundial de 1978, na Argentina, de 1982, na Espanha e de 1986, no México.

Caso o Brasil chegue à final do Mundial, o ex-jogador deixou claro o adversário que gostaria que a equipe canarinho enfrentasse: a Argentina. Mesmo elogiando Messi, Zico relembrou as derrotas dos argentinos em jogos decisivos com a Seleção.

"O grande adversário é a Argentina, principalmente por contar com o Messi, que é o grande nome do futebol mundial. Não espero nenhum azarão. Acho que seria a final ideal entre Brasil e Argentina, principalmente porque eles são fregueses em finais para nós", comentou o maior ídolo da história do Flamengo.

Zico enfrentou a Argentina em duas Copas do Mundo. Em 78, na casa dos hermanos, a Seleção, treinada por Claudio Coutinho, empatou em 0 a 0 com o país-sede. Já em 82, o Brasil, liderado por Zico, Sócrates e Falcão, bateu os vizinhos por 3 a 1, em jogo que Maradona foi expulso.

O ex-jogador também comentou sobre a repercussão negativa sobre as obras atrasadas no estádios que vão receber jogos da Copa. Zico, que costuma viajar bastante à trabalho, costuma ouvir no exterior mais críticas do que elogios em relação à organização da competição.

"As pessoas só falavam do acidente que aconteceu (sobre a morte de operários na Arena Corinthians), das arenas que não iam ficar prontas. Ninguém falava das belezas naturais, de tantas coisas boas que temos. A gente é a bola da vez. Essa falta de planejamento, seriedade em alguns locais, fazem com que a imagem do Brasil caia. Espero que a gente consiga recuperar e ser campeão dentro e fora do gramado", concluiu Zico.

Fonte: O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...