Marco Polo Del Nero é eleito presidente da CBF para mandato de 2015 a 2019

Foto: Divulgação / CBF
16/04/2014

Marco Polo Del Nero, eleito presidente da CBF para cumprir o mandato de quatro anos, a começar em 2015, deu na entrevista coletiva que concedeu hoje na entidade o tom do que será a sua gestão: Continuidade Administrativa. Este foi o nome, inclusive, da sua chapa que concorreu à eleição.

Continuidade administrativa, segundo Marco Polo Del Nero, à gestão exemplar conduzida pelo presidente José Maria Marin, da qual faz parte como vice-presidente, e traduzida em duas grandes ações que ficarão como herança positiva para futuras gerações de dirigentes.

- Considero a construção do novo Centro de Treinamento da Seleção Brasileira, na Granja Comary, e da sede própria da CBF como grandes marcos da administração do presidente Marin.

Marco Polo acrescentou ao círculo virtuoso imprimido por Marin à frente da CBF outros dois grandes feitos: a revitalização da Série C e a criação da Série D.

- Quando o presidente Marin assumiu, os clubes não queriam mais disputar a Série C. Já a Série D sequer existia. A CBF deu nova estrutura à Série C e total apoio financeiro à Série D.  Só não pagamos os salários dos jogadores, o resto, transporte, hospedagem e alimentação, a entidade "banca" totalmente.  
 O presidente eleito demonstrou modéstia ao falar dos seus planos para quando assumir a entidade.

- Nesses anos todos, como dirigente esportivo, aprendi com muitos companheiros, como tem acontecido neste convívio com o presidente Marin. O homem inteligente é aquele que procura aprender cada vez mais. 

Na presidência, Marco Polo Del Nero acena com poucas mudanças. 

- Serão poucas e, logicamente, cada administrador possui o seu estilo. Mas o presidente Marin e sua administração, da qual faço parte, conseguiram avanços importantes, como levar o futebol ao país inteiro, com as quatro séries do Brasileiro e, principalmente, a criação da Copa do Nordeste e da Copa Verde. Mas evidentemente que há aspectos que precisam ser melhorados e para os quais aceitaremos e vamos procurar sugestões em todo o universo esportivo, inclusive de vocês da imprensa.

O presidente José Maria Marin disse que a eleição de Marco Polo Del Nero, por ampla maioria, representa a consolidação do seu desejo, demonstrado logo que assumiu a CBF, de implantar um ambiente de união e harmonia no futebol brasileiro.

- Isso foi conseguido graças ao apoio dos meus companheiros presidentes de clubes e federações. Essa união se fazia ainda mais necessária, porque estamos em um ano atípico, o de disputa da Copa do Mundo no Brasil, em que poderemos realizar o sonho de todos os brasileiros, o hexacampeonato mundial. 

Marin elogiou de maneira eloquente a capacidade administrativa do presidente Marco Polo.

- A competência de Marco Polo é exercida de maneira inquestionável, como presidente há tantos anos que é da Federação Paulista. Vamos continuar trabalhando com a mesma união e harmonia, em um ambiente construtivo, mas, sobretudo, desprovido de vaidade. Daí eu prosseguir na administração do Marco Polo como vice-presidente.

Marco Polo Del Nero foi eleito com 44 votos, dos 46 votantes. Ele assume o mandato em data ainda a ser fixada, em 2015, a mesma da Assembleia que será marcada para julgar as contas de 2014 – este ano, essa Assembleia, que analisou as contas de 2013, foi realizada neste 16 de abril.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...