Copa do Mundo 2014 - Equador

10/04/2014

Seleção Equatoriana disputará sua terceira Copa do Mundo

Por Victor de Freitas

Com 89 anos de fundação, a Federação Equatoriana de Futebol não tem tradição em Copas do Mundo, a história equatoriana em mundiais se renstringe apenas a duas edições, porém se trata de uma das seleções que mais evoluiu nos últimos anos, tendo participado de duas, das três últimas competições.

A primeira participação equatoriana em uma Copa do Mundo aconteceu apenas em 2002, no mundial disputado na Coreia do Sul e no Japão. Naquela edição, o Equador foi sorteado no grupo G, formado por México, Itália e Croácia. Terminou como lanterna da chave, com três pontos ganhos, conquistados no triunfo sobre a Croácia, no dia 13 de junho.

Após sua primeira participação, o Equador disputou as eliminatórias e conquistou novamente uma vaga para a Copa do Mundo, desta vez em 2006, na edição disputada na Alemanha. Sob o comando do, ainda jovem e promessa, Antonio Valencia, a seleção sul-americana conquistou sua melhor participação em um mundial.

Na edição alemã, o Equador foi sorteado no grupo A, que contava com a seleção germânica como cabeça de chave, além de Polônia e Costa Rica. Os equatorianos venceram duas partidas e terminaram a fase de grupos na vice-liderança, o que os garantiu nas oitavas de finais. Na segunda fase, enfrentou a Inglaterra, comandada por David Beckham, Michael Owen e pelo jovem Wayne Rooney, e perdeu por 1 a 0, deixando a competição.

Eliminatórias 2014

Nas Eliminatórias Sul-americanas para o mundial do Brasil, o Equador conquistou a quarta melhor campanha entre as nove seleções que disputaram cinco vagas. Ao todo, foram 16 jogos disputados, sete vitórias, quatro empates e cinco derrotas, um aproveitamento de 52.1%.

O time-base escalado pelo técnico Reinaldo Rueda, durante a fase classificatória para a Copa, foi formado por: Dominguez; Juan Carlos Paredes, Jorge Guagua, Frickson Erazo e Walter Ayom; Segundo Castillo, Luis Saritama e Jefferson Montero; Antonio Valencia, Jamen Ayom e Felipe Caicedo.

O Craque vem aí

O maior nome equatoriano no futebol mundial, atualmente, é o de Antonio Valencia. Regularmente titular do Manchester United, o meia de 30 anos é presença carimbada no time titular dos Red Devils desde que chegou ao clube, em 2009, por 19 milhões de euros. Seu clube anterior foi o Wigan, também da Inglaterra. O jogador iniciou sua carreira no El Nacional, do Equador, e ainda passou por Villarreal e Recreativo, ambos da Espanha, antes de chegar ao futebol da terra da rainha.

No Manchester United, Valencia normalmente atua como ponta direita, o famoso “winger”, termo usado na Inglaterra. O meia se notabiliza pela força, velocidade pelos flancos e por muitas assistências adventas de cruzamentos precisos.

Seja bem-vindo, Equador!

Fonte: FutNet


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...