Copa 2014: Pavimentação no entorno do Beira-Rio deve terminar em 60 dias

Prefeito José Fortunati visita as obras do Viaduto Pinheiro Borda 
Foto: Luciano Lanes/PMPA

03/04/2014

O prefeito José Fortunati, o secretário municipal de Gestão, Urbano Schmitt, e representante do consórcio vencedor da licitação (Procon Coesul) assinaram na manhã desta quinta-feira, 3, a ordem de início para a execução da pavimentação, drenagem e iluminação na área pública do entorno do Beira-Rio, que receberá os jogos da Copa do Mundo em Porto Alegre. O ato foi realizado na rua A, localizada ao lado do estádio, onde já está instalado o canteiro de obras. O prazo de conclusão é de 60 dias.

“A empresa tem até o início de junho para concluir os trabalhos. Isso vai nos permitir entregar as áreas públicas do entorno do estádio qualificadas antes da Copa de 2014”, afirmou Fortunati. Conforme Schmitt, esta é uma obra fundamental, pois, além de qualificar o entorno do estádio, vai facilitar o acesso dos torcedores. O valor investido será de R$ 8.761.559,40. O Ministério das Cidades liberou R$ 7,085 milhões. A contrapartida da prefeitura é de R$ 1,676 milhão, a serem investidos no terreno do município, com área de 58 mil metros quadrados. No entorno, as obras nas ruas A, B e C já foram concluídas.

Viaduto Pinheiro Borda – Também na manhã desta quinta-feira, o prefeito, o vice Sebastião Melo e o secretário Urbano Schmitt, junto com representantes da empresa que executa a obra e técnicos responsáveis, visitaram o viaduto Pinheiro Borda, que  faz parte da duplicação da avenida Edvaldo Pereira Paiva. O grupo fez uma caminhada sob a pista para conferir o andamento dos trabalhos. 

“É uma obra importantíssima que vai melhorar as condições de mobilidade e qualificar toda essa região. Além disso, temos o investimento em drenagem, porque essa área tem problemas frequentes de alagamentos quando chove e isso não deve mais acontecer. A empresa é uma grande parceira e está executando os trabalhos de forma intensa para que a obra seja concluída até o fim de maio, antes da Copa”, disse o prefeito.  

O Viaduto Pinheiro Borda terá comprimento de 250 metros. O trecho estaiado, no formato da letra M, terá 72 metros de comprimento e 32 metros de altura. Serão duas pistas com entrada pela rua Pinheiro Borda até a avenida Edvaldo Pereira Paiva (sentido bairro-Centro). O custo da obra é de R$ 124 milhões.  

Duplicação da Beira-Rio - Os trechos um e dois da avenida Edvaldo Pereira Paiva (Beira-Rio), entre o velódromo e a Rótula das Cuias, estão concluídos. O trecho três, entre o velódromo e a Pinheiro Borda, também está concluído. O trecho quatro, entre a Rótula das Cuias e a Usina do Gasômetro, está em andamento, com obra avançando na avenida Loureiro da Silva. 

Atualmente, cerca de 46,5 mil veículos trafegam por dia pela via. A obra contempla os 6,5 quilômetros de extensão, com ciclovias, iluminação especial, sinalização e qualificação do passeio. O investimento é de R$ 49 milhões.

Corredor da Padre Cacique – As obras do corredor de ônibus da avenida Padre Cacique estão em andamento, em fase de pavimentação no sentido bairro-Centro. A intervenção vai qualificar a mobilidade na via, especialmente para os usuários do transporte coletivo. Com início na avenida Pinheiro Borda e término na José de Alencar, a extensão é de 1,5 quilômetro. O custo da obra é de R$ 24,8 milhões.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...