Conheça a Kombi da Copa e os cinco amigos que vão do Sul ao Nordeste durante o Mundial do Brasil

André Susin (E), Leomar Lima, Rodrigo Rocha, Rogério Poletto, Cesar Gregoletto 
vão poder acompanhar a Copa de uma forma diferente
Foto: Jonas Ramos / Agencia RBS

30/03/2014

Viagem inicia no dia 18 de junho e grupo vai assistir partida em Salvador

Um grupo de cinco caxienses resolveu embarcar em uma viagem do Sul ao Nordeste do Brasil. Para isso, apostaram no espaço e na tradição da Kombi, que estará devidamente personalizada. Sem locais estabelecidos para pernoites e alimentação, e com pouca ideia do que encontrarão pelas estradas do país, eles, literalmente, vão embarcar em uma jornada de 17 dias para vivenciar de uma forma diferente a Copa do Mundo. 

O grupo parte de Caxias do Sul até Salvador, passando por outras quatro cidades sedes do Mundial — Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro. Serão mais de sete mil quilômetros percorridos com a Kombi da Copa, contabilizando a chegada até a Bahia e o retorno para casa. 

O projeto começou a ser moldado em 2012 e ganhou forma. A partir do dia 18 de junho, Cesar Gregoletto, Leomar Lima, Rodrigo Rocha, Rogério Poletto e André Susin iniciam o percurso com dois grandes objetivos: conhecer novas culturas e aproveitar a Copa de uma forma diferente. 

— A gente poderia ir com o nosso carro, mas não teria o mesmo significado. A Kombi já tem um histórico de aventura — explica Gregoletto. 

A relação com o futebol é de algum tempo. O grupo joga junto toda a semana. Primeiro foi o futsal. Mais recentemente, o futebol sete. E foi justamente em uma conversa após uma dessas partidas que surgiu a ideia. 

— A gente chegou ao assunto da Copa e falou da vontade de assistir a um jogo. Fomos amadurecendo a ideia e veio essa aventura, de viajar até Salvador, viver realmente o Mundial. Abrimos uma conta no banco e fomos depositando uma grana. Compramos a Kombi no final do ano passado — relembra Leomar Lima, o Léo. 

A ideia principal é percorrer o caminho registrando momentos especiais do evento, envolvendo-se com as pessoas das cidades e descobrir a emoção e a expectativa de cada lugar, em relação à Copa. Quem sabe, participar de alguma Fan Fest da Fifa nas cidades-sede. 

Para transmitir suas experiências vão utilizar o site oficial da Kombi da Copa e o Facebook, onde farão uma espécie de diário, com fotos, vídeos e relatos de cada acontecimento marcante. Por conta da ideia de documentar a aventura, o fotógrafo André Susin foi contratado para ser o responsável pelas imagens e vídeos. Todos irão se revezar na pilotagem do veículo. 

A Kombi é do ano 1993 e passou pela aprovação de um outro amigo do grupo, também da turma do futebol, que é mecânico. O trânsito e as dificuldades nas rodovias em algumas regiões do país são as principais preocupações.

O único prazo estabelecido é a data para a chegada em Salvador: dia 25 de junho. Lá, na remodelada Fonte Nova, o quinteto vai assistir a um jogo da Copa: Bósnia x Irã.

— A gente comprou os ingressos e definiu nosso destino e roteiro antes mesmo do sorteio. Aí não teve nem como escolher. Caiu esse jogo. É o nosso único compromisso. Chegar para a partida — comenta, com uma pitada de lamentação, Gregoletto.

Fonte: Zero Hora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...